AFPDM

A Associação para Formação Profissional e Desenvolvimento do Montijo / AFPDM constitui-se como entidade proprietária da Escola Profissional do Montijo (EPM) e titular do Conservatório Regional de Artes do Montijo (CRAM). É constituída por diversos associados que refletem os interesses económicos e sociais da nossa região, principalmente pelas atividades a que se dedicam. 

A EPM – Escola Profissional do Montijo, está localizada na cidade de Montijo, distrito de Setúbal e foi criada em Outubro de 1991, após a assinatura do Contrato-Programa entre a Câmara Municipal da Cidade, que se constituiu como entidade promotora, e o Ministério da Educação. Iniciou as suas atividades letivas no ano de 1993, ministrando os Cursos de Técnico da Indústria de Carnes e Técnico de Design Industrial.

Por força do Decreto-Lei n.º 4/98 de 8 de janeiro, a entidade promotora tomou a iniciativa da criação da Associação para Formação Profissional e Desenvolvimento do Montijo – AFPDM, que se constitui como entidade proprietária da EPM.

A AFPDM tem pautado a sua atividade em três grandes áreas de intervenção:

  • Educação/Formação
  • Apoio ao Tecido Empresarial e Integração na Vida Ativa
  • Intervenção Social e Comunitária

Atualmente, beneficia de um forte enraizamento local e regional, incluindo o Concelho de Montijo e regiões limítrofes, com as quais mantém uma relação privilegiada, nomeadamente ao nível das acessibilidades. É de realçar o facto da constituição da entidade refletir, através dos seus Associados, os interesses económicos e sociais desta região.

 

Constituem-se como Associados da AFPDM:

  • Câmara Municipal de Montijo
  • Associação de Industriais e Exportadores de Cortiça
  • ALISP – Associação Livre de Suinicultores Portugueses
  • ANIC – Associação Nacional dos Industriais de Carnes
  • Centro Social de S. Pedro do Afonsoeiro
  • ACISTDS – Associação do Comércio, Indústria, Serviços e Turismo do Distrito de Setúbal
  • APPPFN – Associação Portuguesa de Produtores de Plantas e Flores Naturais
  • Cooperativa Agrícola de Santo Isidro de Pegões, C.R.L.
  • Primohorta – Sociedade de Produtores Hortícolas, Lda
  • Sociedade Agrícola de Rio Frio S.A.

A AFPDM|EPM encontra-se reconhecida como Entidade Formadora pelo Ministério da Educação, nos termos do artigo 2.º do Decreto-Lei n.º 71/99, de 12 de março e para os efeitos previstos no artigo 14º do Decreto-Lei 4/98 de 8 de Janeiro (Autorização Prévia de Funcionamento nº 78). Está abrangida pela exceção do Artigo 4º da Portaria n.º 851/2010, de 6 de setembro, como entidade equiparada a certificada pela DGERT.

Com vista à melhoria contínua do serviço prestado pela Entidade e considerando tratar-se de um fator diferenciador, iniciou a implementação Certificação do Sistema de Gestão da Qualidade, norma de referência NP EN ISO 9001 e, desde 2011, constitui-se como uma entidade certificada no âmbito da qualificação de recursos humanos através da intervenção na educação, na formação e na dinâmica socioeconómica da região.

VISÃO

A Associação pretende destacar-se como organização de referência, inovadora e competitiva, pautando a sua ação pelas boas práticas e metodologias de trabalho no desenvolvimento da formação e na prestação de serviços de consultadoria.

 

MISSÃO

A Associação para Formação Profissional e Desenvolvimento de Montijo é uma entidade que se dedica à qualificação dos recursos humanos da região em que se insere, pela intervenção na educação, na formação e na dinâmica socioeconómica em áreas diversificadas, estabelecendo parcerias estratégicas, dinâmicas e funcionais.

 

VALORES

  • RIGOR… no desenvolvimento das atividades
  • ÉTICA… na forma de relacionamento com os clientes e mercado
  • DINAMISMO… por forma a assegurar uma resposta rápida aos clientes
  • HONESTIDADE… em todas as relações estabelecidas
  • ESPÍRITO de EQUIPA e ENTREAJUDA… entre todos os colaboradores e parceiros

 

POLÍTICA

  • Satisfação dos Clientes, empresas e instituições, tendo por base o cumprimento dos requisitos e a melhoria do Sistema de Gestão da Qualidade;
  • Implementação de uma cultura organizacional capaz de fomentar a motivação, o envolvimento e a valorização dos recursos humanos;
  • Reforço de ligações e parcerias tendo em vista a consolidação da Associação na Região;
  • Inovação nos produtos e serviços por forma a dar resposta às alterações do mercado;
  • Melhoria dos Recursos materiais e tecnológicos;
  • Garantia da autossustentabilidade da organização;
  • Desempenho de um papel ativo na sua responsabilidade social promovendo boas práticas na área de desenvolvimento sustentável.

Consulte aqui o organograma. da AFPDM

Consulte aqui o nosso manual da qualidade